Google lança novo logo para mostrar abrangência da marca

A <a href="http://www.exame.com.br/topicos/google"><strong>Google</strong></a> apresentou hoje um novo logo em seu <a href="http://googleblog.blogspot.com.br/2015/09/google-update.html">blog oficial</a>. O motivo da mudança, segundo a empresa, é refletir a nova forma dos usuários utilizarem a plataforma, incluindo os dispositivos móveis.

A empresa conta que, ao longo de 17 anos, a forma de buscar as informações na internet mudou e que a plataforma ganhou novos serviços ao longo deste tempo.

Essa não é a primeira vez que a Google muda seu logotipo — e já adianta que não será a última. A intenção da nova identidade é mostrar aos usuários, mesmo nas menores telas, quando o sistema está trabalhando.

&nbsp;
<div></div>
As cores do logo agora serão utilizadas de maneira independente das letras, dando um nova roupagem às buscas por voz e possiblitando que a marca se faça presente em formatos menores.

&nbsp;

Fonte: Revista Exame.<a href="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/09/size_810_16_9_novo-logo-do-google.jpg"><img class="alignnone wp-image-1266" alt="size_810_16_9_novo-logo-do-google" src="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/09/size_810_16_9_novo-logo-do-google.jpg" width="648" height="364" /></a>

&nbsp;

Ler Mais
Em 02/09/2015, postado em: Geral por

Tags:

Apple registra patente de detector de fumaça para iPhones

Em breve, os futuros iPhones e iPads podem vir com um detector de fumaça embutido. Pelo menos é o que sugere uma patente registrada pela Apple em 2013 e publicada em 2014, em que a empresa descreve um sistema capaz de alertar ao usuário quando houver iminência de incêndio ao seu redor.

De acordo com a patente, os dispositivos da Apple poderiam vir com um sensor semelhante ao utilizado em estabelecimentos e lojas americanas, mas miniaturizado para caber no chassi de um smartphone, por exemplo. Alguns dos planos sugerem até mesmo integrar o detector de fumaça à câmera do celular.

Para que o sensor seja capaz de dectar a fumaça, no entanto, é preciso que ela entre no dispositivo. Desta forma, seria mais prático que o detector fosse inserido próximo ao fone ou às saídas de áudio do aparelho. Assim que o sistema registra a iminência de um incêndio, o software entra em ação, enviando um alerta ao usuário ou entrando em modo de segurança.

A patente também registra a ideia de enviar uma mensagem SMS às autoridades, além de incluir um sensor de presença que identifica se o dono do celular está próximo ou não ao fogo. Isso pode ajudar bombeiros na localização de pessoas presas em prédios em chamas ou alertar remotamente o dono sobre um provável incêndio em sua casa.

Contudo, o registro da patente não indica, necessariamente, que o recurso será integrado já nas próximas gerações de dispositivos iOS. Os créditos da invenção vão para Paul G. Puskarich.

&nbsp;

Fonte: Olhar Digital<a href="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/09/20150901111109_660_420.jpg"><img class="alignnone size-full wp-image-1263" alt="20150901111109_660_420" src="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/09/20150901111109_660_420.jpg" width="660" height="420" /></a>

Ler Mais
Em 02/09/2015, postado em: Geral por

Tags:

Mel de Ortigueira é nova indicação geográfica

INPI confere registro para a região localizada no Paraná
<div id="viewlet-below-content-title">
<div id="viewlet-social-like">
<div>
<div data-href="http://www.inpi.gov.br/noticias/mel-de-ortigueira-e-nova-indicacao-geografica" data-send="false" data-action="like" data-layout="button_count" data-width="90px" data-show-faces="false"></div>
</div>
<div></div>
</div>
<div id="plone-document-byline"></div>
</div>
<div>
<div>I<a id="parent-fieldname-image" href="http://www.inpi.gov.br/noticias/mel-de-ortigueira-e-nova-indicacao-geografica/@@nitf_custom_galleria" rel="#pb_1"><img class="aligncenter" alt="" src="http://www.inpi.gov.br/noticias/mel-de-ortigueira-e-nova-indicacao-geografica/mel_credito-freedigitalphotos-net-e-niamwhan.jpg/@@images/c0db94d4-bb0a-4275-ac4a-0c0538bb6235.jpeg" width="400" height="200" /></a></div>
</div>
<div>

O INPI conferiu no dia 1º de setembro o registro de Indicação Geográfica (IG), na espécie Denominação de Origem (DO), para “Ortigueira”, referente ao mel de abelha produzido nessa região do Paraná. A concessão reconhece que as características físico-químicas do produto decorrem das condições botânicas da região, sendo diferenciado do mel produzido nos arredores. O pedido foi feito pela Associação dos Produtores Ortigueirenses de Mel (Apromel).

A cidade de Ortigueira se encontra a 247 km de Curitiba, capital paranaense, e é formada por 68 comunidades e cinco distritos: Lajeado Bonito, Natingui, Monjolinho, Barreiro e Bairro dos França.

Ao longo dos anos, os saberes relacionados à produção do mel em Ortigueira foram passados entre as gerações, sofrendo adaptações na cadeia produtiva, até se tornar um referencial no estado. Segundo relatório apresentado pela Apromel ao INPI, o município foi o maior produtor nacional de mel entre os anos de 2004 e 2006.

A região foi colonizada por imigrantes do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, visando o plantio de grãos em terras férteis. Apesar de iniciada anos antes, a apicultura no município se tornou atividade comercial entre as décadas de 1970 e 1980, liderada por membros de famílias tradicionais.

<b>Entendendo a Indicação Geográfica</b><b> </b>

O registro de IG permite delimitar uma área geográfica, restringindo o uso de seu nome aos produtores e prestadores de serviços da região (em geral, organizados em entidades representativas).

A espécie de IG chamada “denominação de origem” reconhece o nome de um país, cidade ou região cujo produto ou serviço tem certas características específicas graças a seu meio geográfico, incluídos fatores naturais e humanos.

Já a espécie “indicação de procedência” se refere ao nome de um país, cidade ou região conhecido como centro de extração, produção ou fabricação de determinado produto ou de prestação de determinado serviço.

&nbsp;

Fonte: INPI

</div>

Ler Mais
Em 02/09/2015, postado em: Geral por

Tags:

Ford registra patente para carros autônomos

<h2>Sistema permite que os assentos dianteiros virem 180°, além de recolher o volante para aumentar o espaço interno.</h2>
&nbsp;

A <a href="http://www.icarros.com.br/ford" target="_blank">Ford</a> patenteou nos EUA um novo sistema de configuração dos bancos para veículos com condução autônoma. A novidade permite que tanto o assento do motorista como o do passageiro dianteiro girem 180°, criando um arranjo semelhante ao de uma sala no interior do veículo.

&nbsp;

O sistema também prevê a retração da direção no painel para criar mais espaço no habitáculo quando o modo de condução autônoma estiver em funcionamento e, além disso, os assentos dianteiros podem ser reclinados, servindo como apoio de pé para os passageiros da segunda fileira.

Procurada pelo site norte-americano Automotive News, a Ford disse que o registro de patentes serve para proteger novas ideias, mas que isso não indica, necessariamente, que todas elas cheguem às ruas um dia – entretanto, vale lembrar que a fabricante já trabalha em um sistema de condução autônoma (foto).

&nbsp;

Fonte: Icarros.com.br

<a href="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/08/19342_1.jpg"><img class="alignnone size-full wp-image-1253 aligncenter" alt="19342_1" src="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/08/19342_1.jpg" width="635" height="450" /></a>

Ler Mais
Em 26/08/2015, postado em: Geral por

Tags:

Boeing registra patente de drone que vira submarino

<strong>A Boeing conseguiu nesta quarta-feira, 19, a patente de uma tecnologia que descreve um drone controlado remotamente capaz de se transformar em um submarino não tripulado ao entrar em contato com a água.

O documento cita um dispositivo "adaptável tanto para voos quanto para viagens na água", que seria lançado de um porta-aviões e voaria por conta própria até atingir a distância necessária. Ao entrar na água, o dispositivo abandonaria suas asas e hélices, desprendendo parafusos explosivos e um tipo de cola solúvel. Então, um novo conjunto de hélices e controles entrariam em ação, garantido que o submarino se mova. Ao cumprir sua missão, o dispositivo retornaria à superfície para a transmissão dos dados.

De acordo com a patente, o drone submarino poderá ser utilizado para reconhecimento da água, coletar dados ambientais e transmissão de informações.</strong>

&nbsp;
<p style="text-align: center;">Fonte: Olhar Digital.<a href="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/08/20150819174807_660_420.jpg"><img class="size-full wp-image-1250 aligncenter" alt="20150819174807_660_420" src="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/08/20150819174807_660_420.jpg" width="660" height="420" /></a></p>

Ler Mais
Em 21/08/2015, postado em: Geral por

Tags:

Designer cria emojis de Star Wars para novo aplicativo

Os fãs de Star Wars podem comemorar: Luke, Leia, Darth Vader e vários outros personagens ganharam seus próprios emojis e emoticons.

Os desenhos, desenvolvidos pelo designer Truck Torrence, de Los Angeles, foram criados para o <a href="https://itunes.apple.com/us/app/star-wars/id960108075?mt=8&amp;ign-mpt=uo%3D4" target="_blank">novo app de Star Wars</a>, da Lucasfilm e Disney.

O app oficial foi lançado no dia 5 de agosto, na Apple Store.

<center>
<div></div>
<div id="ebzNative"></div>
</center>No total, são 52 emojis. Os desenhos são fofos, como os emoticons originais, mas acertam em cheio: qualquer fã saberá dizer na hora quem é quem.

À <a href="http://www.wired.com/2015/08/design-star-wars-emoji-without-angering-rabid-fans/" target="_blank">revista Wired</a>, Torrence contou que já tinha assistido tanto aos filmes que as imagens dos personagens já estavam gravadas em sua mente na hora de começar a desenhar.

Ele usou o Adobe Illustrator para a façanha, que recebeu elogios dos fãs (geralmente, bem difíceis de agradar).

&nbsp;

Fonte: exame.<a href="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/08/size_810_16_9_star-wars.jpg"><img class="alignnone size-full wp-image-1247" alt="size_810_16_9_star-wars" src="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/08/size_810_16_9_star-wars.jpg" width="810" height="455" /></a>

Ler Mais
Em 21/08/2015, postado em: Geral por

Tags:

Airbus patenteia novo jato capaz de voar entre Londres e Nova York em apenas 1 hora

A aeronave poderá ser usada para missões civis e militares, já que pode servir como jato privado ou de companhias aéreas com lugar para 20 passageiros.

 

O escritório de patentes dos Estados Unidos anunciou a aprovação de uma nova patente concedida a fabricantes de aeronaves Airbus. A patente menciona uma “aeronave ultra rápida”, ou seja, um jato supersônico. A empresa espera que o jato alcance uma velocidade Mach 4.5, ou seja, 4,5 vezes a velocidade do som.

De acordo com a PatentYogi’s Deepak Gupta, isso significa que o novo jato poderá fazer a viagem de Londres para Nova York em apenas uma hora, enquanto uma viagem com o antigo Mach 2 Concorde era feita em 3 horas e meia. Uma aeronave regular como o A330, da própria Airbus, leva 8 horas para cruzar o Oceano Atlântico.

A Airbus descreve o desenho como um “veículo aéreo, incluindo fuselagem, asa delta gótico distribuído em ambos os lados e um sistema de motores capaz de impulsionar o veículo”. De acordo com a empresa, a aerodinâmica do avião foi desenhada para limitar e reduzir o impacto com a barreira do som.

A aeronave poderá ser usada para missões civis e militares, já que pode servir como jato privado ou de companhias aéreas com lugar para 20 passageiros.

 

fonte: administradores.com.br

 

noticia_103848

Ler Mais
Em 05/08/2015, postado em: Geral por

Tags:

Patente é registrada para a forma que o display do Apple Watch mostra os apps

As grandes companhias de tecnologia estão constantemente registrando novas patentes e lutando para outras empresas não as “roubarem”. É justamente por isso que ocorrem diversos tipos de processos entre as gigantes; recentemente a Google até perdeu um julgamento,, ela estava tentando <a href="http://www.tudocelular.com/microsoft/noticias/n58609/microsoft-google-patentes-processo.html" target="_blank">processar a Microsoft</a> por uso de patentes relacionadas a Wi-Fi e download de vídeos. A Apple resolveu registrar mais uma patente para não causar esse tipo de problema.

A companhia de <strong>Steve Jobs</strong> conseguiu adquirir uma patente para não enfrentar futuros problemas com o <strong>Apple Watch</strong>. A forma que o display do dispositivo vestível apresenta os aplicativos está patenteada, ou seja, ninguém pode criar dispositivos com designs parecidos sem a autorização prévia da Maçã.

A descrição da patente é bastante simples e é associada com a ilustração enviada pela empresa, mas que já explica o que é necessário para todos entenderem. Diversas empresas conhecidas por utilizar designs semelhantes ao da Apple, como supostamente faz a Xiaomi, não poderão mais aproveitar da “oportunidade” de acompanhar a popularidade da companhia.
<blockquote>“Design ornamental para uma tela de exibição ou parte dele, com interface gráfica do usuário, como mostrado e descrito”, foi publicado na descrição da patente.</blockquote>
A ilustração também é simples, mas é uma ótima representação de como os aplicativos aparecem na tela do Apple Watch. Essa é mais uma das patentes que a Apple registrou para seu relógio inteligente, a companhia quer deixar seu dispositivo totalmente protegido contra qualquer tipo de cópias de outras empresas.

Fonte: tudocelular.com.br

<a href="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/08/id137562.jpg"><img class="alignnone size-full wp-image-1240" alt="id137562" src="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/08/id137562.jpg" width="660" height="330" /></a>

Ler Mais
Em 05/08/2015, postado em: Geral por

Tags:

Nova patente da Samsung revela a inclusão de botões virtuais nas laterais de smartphones

Na última semana vimos uma <a href="http://www.tudocelular.com/samsung/noticias/n57624/samsung-patente-botoes-invisiveis.html">nova patente da Samsung</a> ser revelada que mostrava a possibilidade de termos “botões invisíveis” nos smartphones da empresa. Essa novidade seria interessante para interação com jogos, onde seria possível fazer o controle sem precisar de uma interação diretamente com a tela. A tecnologia também pode ser aproveitada para a leitura de um e-book, facilitando trocar a página de um livro ou mesmo a faixa de uma música com seu music player favorito.

&nbsp;

Agora, uma patente registrada em 2014 pelo escritório americano de patentes (USPTO) mostra que Samsung tem planos de ir muito além do que vimos anteriormente. Ela pretende tornar as bordas dos smartphones ainda mais úteis, ao permitir que toda a lateral do seu smartphone seja sensível ao toque e ofereça várias opções de customização. Essa ideia foi posta em prática com o lançamento dos <a href="http://www.tudocelular.com/Samsung/fichas-tecnicas/n2819/Samsung-Galaxy-S6-Edge.html">Galaxy S6 Edge</a> e <a href="http://www.tudocelular.com/Samsung/fichas-tecnicas/n2727/Samsung-Galaxy-Note-Edge.html">Galaxy Note Edge</a>, mas a interação é feita na borda curva da tela e não diretamente na lateral dos dispositivos.

Ainda não ficou claro como a novidade poderá ser implementada em detalhes, mas podemos imaginar várias funcionadas, por exemplo, usando os dedos para deslizar no lado da tela poderia aumentar o volume ou para baixo mais rapidamente do que qualquer botão físico, sem mencionar que isso geraria um desgaste muito menor do que atualmente. Rolagem para cima ou para baixo também deverá ser muito mais flexível e mais fácil, mas o que é realmente interessante aqui é o potencial de controles do teclado.

&nbsp;

Olhando para a figura 12B da patente podemos ver um conceito interessante, onde as palmas das mãos estão de alguma forma envolvidas no processo de digitação, e o teclado é processado no antigo estilo onde cada tecla representa três caracteres. Pode ser que a aplicação de pressão no lado da tela faça com que o teclado seja lançado, ao passo que os seus polegares são usados para digitar. Isso deixa o resto de seus dedos disponíveis para outros controles na parte de trás do seu dispositivo.

Claro, o fato de a patente ter sido registrada em 2014 não garante que lançamentos de 2015 cheguem com as novas tecnologias. Samsung pode estar testando a novidade neste momento, mas ainda não temos ideia de quando surgirá algum smartphone com estes controles adicionais. Mas pelo visto, a empresa quer tornar todo o corpo dos seus smartphones mais funcionais.

Fonte: tudocelular.com

<a href="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/07/id135478.jpg"><img class="alignnone size-full wp-image-1232" alt="id135478" src="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/07/id135478.jpg" width="660" height="446" /></a> <a href="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/07/id135479.jpg"><img class="alignnone size-full wp-image-1233" alt="id135479" src="http://www.sanpat.com.br/wp-content/uploads/2015/07/id135479.jpg" width="660" height="470" /></a>

&nbsp;

Ler Mais
Em 22/07/2015, postado em: Geral por

Tags:

Marcas aproveitam febre de livros para colorir

São Paulo – Em 2015, um hábito comum entre as crianças vem ganhando força no mundo dos adultos: os livros para colorir. Em livrarias de todo o país é possível encontrá-los nas prateleiras e o produto tem tido bastante sucesso, se tornando praticamente um viral na internet.

Aproveitando essa curiosa onda, algumas marcas utilizaram desenhos para colorir em suas redes sociais. No Facebook, Twitter e Instagram, o usuário pode se deparar com uma ilustração em branco em que a marca o convide para colorir.

O Habib’s, por exemplo, publicou em sua página no Facebook uma imagem de um de seus lanches, fazendo alusão ao livro de colorir “Jardim Secreto”, que deu início à onda.

Bem-vindo ao nosso jardim secreto.

A Caixa Econômica Federal utilizou sua conta no Twitter para divulgar um evento, convidando o usuário a colorir e “relaxar na sua nova casa”.

Como “sugestão para desestressar na sexta-feira”, a Ambev publicou em um tweet uma imagem para colorir com a mensagem “beba com moderação”.

 

A Ducoco, por sua vez, convida seus seguidores no Facebook a colorir uma imagem usando lápis de cor, o Photoshop ou mesmo “o bom e velho Paint”, e a compartilharem os resultados com a página através de mensagens ou comentários.

Que tal usar lápis de cor, Photoshop ou até mesmo o bom e velho Paint para colorir esse cenário? Compartilhem suas obras…

Com a hashtag “#FiqueZen”, o perfil da Asus Brasil no Twitter publicou uma imagem para colorir, também sugerindo que seus seguidores compartilhassem o resultado com eles.

 

Fonte: Revista Exame.

 

size_810_16_9_habibs-colorir

CERle8EWgAAeeQA

Ler Mais
Em 18/05/2015, postado em: Geral por